11 de Janeiro de 2017

como-compreender-o-perfil-do-cliente-atraves-do-big-data

 

Conhecer o perfil do cliente é fundamental para as empresas melhorarem seus resultados em estratégias de Marketing Digital. Mas como descobrir as informações necessárias para saber quem é o seu cliente e, a partir disso, formar perfis com precisão?

A resposta para essa pergunta está em uma grande tendência tecnológica para compreender o perfil do cliente: o Big Data. Entenda agora como ele pode te ajudar nessa missão:

Entenda o Big Data

O Big Data é um conceito que visa mapear desejos, insatisfações e hábitos dos seus clientes a partir da definição do perfil desse consumidor. Para isso, o Big Data utiliza dados provenientes de uma compra realizada (ou da tentativa dela), além de posts e demais interações em redes sociais ou em qualquer outro canal online de comunicação.

No conceito de Big Data, informações são cruzadas e relacionadas o tempo todo, em tempo real. Trabalhando nisso, você adquire o conhecimento necessário para alinhar e facilitar as tomadas de decisão.

Um bom exemplo disso é a empresa Uber, que utiliza o conceito de Big Data com análises em tempo real. Isso permite a ela oferecer preços diferenciados e atualizados dependendo da demanda, do trajeto ou da localidade.

Ao analisar esses dados com a ajuda do Big Data Analytics, você certamente abandonará as poucas informações que tinha em suas planilhas de dados, construindo perfis claros e estratégias concisas e bem-sucedidas para suas ações.

Conheça os desejos dos clientes

O Big Data Analytics agrega peso nas estratégias de vendas quando as informações de vendas não realizadas são aproveitadas. Com ele, você pode entender o motivo pelo qual aquela peça não foi levada, ou a razão de determinado aparelho ter sido devolvido, por exemplo.

Analisando outras compras do mesmo cliente, informações dele em redes sociais e outros dados, você também poderá entender o que está faltando para garantir sua fidelização, criando um perfil único para cada consumidor.

Assim, é possível se antecipar em relação ao que ele precisa, garantindo maior volume de vendas e a satisfação do seu público de forma otimizada.

Solucione problemas

A correta análise de imensos volumes de dados concretiza-se em soluções práticas para os clientes — e, logicamente, na satisfação deles com a sua empresa.

Veja o caso da Maplink, especializada na digitalização de mapas. Com a análise de centenas de milhares de dados de automóveis em São Paulo, ela conseguiu diagnosticar o trânsito, indicando para os clientes os pontos de lentidão, o motivo do trânsito lento e algumas rotas alternativas, o que foi extremamente útil para os motoristas.

No caso de uma empresa de varejo, por outro lado, analisar seu cliente permitirá oferecer preços atrativos, produtos mais adequados e até uma nova logística de atendimento, mais adequada ao perfil de quem compra com você.

Segmente pelo perfil do cliente

O uso do Big Data Analytics possibilita definir o perfil do cliente por padrões demográficos, geográficos e comportamentais.

A Nike, por exemplo, fideliza clientes por meio de dados de um software de running. Aliado aos compartilhamentos em redes sociais dos mesmos usuários, essas informações permitem melhorar ou desenvolver produtos para cada tipo de cliente.

Segundo a previsão para 2016 do vice-presidente de Marketing e Desenvolvimento da Tableau, Chris Selland, o Big Data se tornaria popular por conseguir “usar visualizações que não se limitam a mostrar dados, números ou mesmo gráficos, mas que fazem todos esses elementos ganharem vida”. Isso é, atualmente, um fato comprovado.

Depois de mapear o perfil do seu cliente, o Tableau é a principal ferramenta para auxiliar você na análise dos dados e deixar de lado as planilhas lentas e demoradas. Baixe a versão Trial!

 

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER